Notícias

Assistidas pela Defensoria Pública participam de palestra sobre Saúde da Mulher

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 17, outubro de 2017 às 09:27
Palestra sobre Saúde da Mulher, na Defensoria Pública

Palestra sobre Saúde da Mulher, na Defensoria Pública

A Defensoria Pública do Estado do Piauí realizou nesta segunda-feira(16), na recepção do Primeiro Atendimento, palestra com o tema “A importância da prevenção à Saúde da Mulher”.  Proferida pela Coordenadora de Atenção a Saúde da Mulher do Governo do Estado, Maria Auzenir Moura Fé, a iniciativa fez parte das ações desenvolvidas neste mês no Núcleo Central da Instituição em alusão à Campanha Outubro Rosa, que visa a prevenção e combate ao câncer de mama.

Participaram do momento, assistidas e assistidos pela Defensoria Pública, além de servidoras, servidores, estagiários e estagiárias da Instituição. Segundo a palestrante, a abordagem do tema é de extrema importância para alertar sobre a prevenção. “É uma iniciativa muito importante da Defensoria Pública no sentido de que está aproveitando a oportunidade de ter um grupo de mulheres disponível para ser alertado sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, para que o tratamento possa ocorrer de modo oportuno e o mais  rapidamente possível, visando  que a mulher portadora de câncer de mama possa ter melhores possibilidades de cura”, afirmou Alzenir Moura Fé.

A palestrante destacou ainda o trabalho desenvolvido pela Coordenação de Atenção a Saúde da Mulher. “A Coordenação Estadual de Saúde da Mulher recomenda que os municípios se mobilizem no sentido de criar movimentos e estratégias para que as mulheres possam fazer o exame da mamografia, se autoconhecer, se avaliar, procurar assistência para que o diagnóstico seja feito precocemente e principalmente alertar para a importância da prevenção primária, que consiste em procurar seguir  recomendações sobre uma dieta saudável, prática de atividade física,  redução do stress  e sexo seguro, que previnem inúmeras doenças estando a prevenção do câncer ai envolvida”, afirmou.

A iniciativa da Defensoria foi bem recebida pelas assistidas e assistidos que se encontravam na recepção do Primeiro Atendimento. “É uma ótima ideia, porque vai prevenir mais as mulheres e os homens também vão ficar mais atentos ao problema. Porque ainda existe muito preconceito por parte deles em relação a esposa ou namorada mostrarem o seio no momento de fazer um exame. Aqui está sendo mostrado que não podemos ter vergonha de fazer o exame. Então é um ótimo trabalho que deve ser estendido. Em Nazária, por exemplo, muitas mulheres não fizeram o exame por desconhecimento mesmo. Muitas, por morarem no interior não são avisadas. Então é preciso levar essa informação aos hospitais, aos colégios”, disse a assistida Sandra Maura da Conceição Ferreira.

A assistente social da Defensoria Pública, Valéria Miranda de Araújo, avalia como positiva a palestra desta segunda-feira. “”Foi excelente, superou a expectativa. Um momento de muita interatividade, com o Primeiro Atendimento lotado e as pessoas aproveitando para vários esclarecimentos em relação a prevenção e a mamografia. A própria palestrante ficou muito satisfeita. Nosso objetivo foi alcançado, fazendo com que as pessoas não ficassem ociosas enquanto aguardavam sua vez no atendimento”, afirmou.

“Ficamos extremamente satisfeitas com o resultado da palestra, que possibilitou proporcionar um atendimento ainda mais humanizado às nossas assistidas e também aos assistidos nesta segunda-feira. Esclarecer de forma eficaz sobre a importância da prevenção ao câncer possibilitou que inúmeras dúvidas em relação a doença fossem esclarecidas. Agradecemos a disponibilidade da Coordenadora Auzenir Moura Fé, que esteve conosco repassando essas importantes informações”, diz a Defensora Pública Geral, Dra. Francisca Hildeth Leal Evangelista Nunes.

As atividades relativas ao Outubro Rosa prosseguem na Defensoria Pública com nova palestra a ser realizada no dia 23, pela Coordenadora do Programa da Secretaria Estadual de Saúde “Amigos do Peito”, Ana Amélia, que  falará sobre “O Câncer de Mama e o Impacto na Vida da Mulher”.

Para fechar as atividades do mês, acontecerá no dia 31, por meio da Fundação Cultural Monsenhor Chaves, uma apresentação do Balé da Cidade de Teresina, também no Núcleo Central da Defensoria. As atividades do Outubro Rosa estão sendo desenvolvidas através do Centro de Apoio Multidisciplinar, que conta também com a assistente social Mercês Krystine Araújo Silva.