Notícias

Categoria Especial da Defensoria Pública passa a funcionar na Ilhotas

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 30, maio de 2022 às 12:59

Categoria Especial da Defensoria Pública passa a funcionar na Ilhotas

A Categoria Especial da Defensoria Pública do Estado do Piauí está de novo endereço desde esta segunda-feira (30). Agora quem precisar do atendimento desse setor da Instituição deve se dirigir à sede localizada na Rua Jaicós, 1435, no bairro Ilhotas.

O prédio, onde funcionou a sede provisória durante a reforma do edifício-sede, foi todo readequado para receber as oito Defensorias de Categoria Especial, proporcionando um ambiente de trabalho adequado às funções das Defensoras Públicas, Defensores Públicos e suas respectivas equipes, bem como ao acolhimento das assistidas e assistidos que procurarem a Instituição.

Durante o período de 30 de maio a 03 de junho, devido às adequações da mudança o atendimento presencial estará suspenso, permanecendo o contato virtual por meio do whatsApp (86) 9 9538-6853. A partir da próxima segunda-feira (06) o atendimento presencial será retomado, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

A Defensoria Pública de Categoria Especial atua junto ao Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Conselho Nacional de Justiça, Conselho Nacional do Ministério Nacional do Ministério Público, Tribunal de Justiça do Estado do Piauí e Turmas de Uniformização de Jurisprudência dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais, além de recursos administrativos de 2º grau.

São titulares da Categoria Especial da DPE-PI as Defensoras Públicas Ana Patrícia Paes Landim Salha, Norma Brandão de Lavenère Machado Dantas, Osita Maria Machado Ribeiro Costa e Elisabeth Maria Memória Aguiar; bem como os Defensores Públicos Nelson Nery Costa, José Weligton de Andrade e Francisco de Jesus Barbosa, atualmente Corregedor-Geral da Defensoria Pública.

A Categoria especial é coordenada pela Defensora Pública Ana Patrícia Salha, que ressalta sobre as novas instalações. “Quero  destacar o empenho da Gestão Superior que não mediu esforços para proporcionar à Categoria Especial dos Defensores Públicos, espaços físicos suficientes e compatíveis para o desempenho de nossas funções, mais próximo ao novo Tribunal de Justiça e com fácil acesso para os nossos assistidos”.