Notícias

Conselho Nacional de Ouvidorias de Defensorias Públicas inicia reunião no Piauí

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 01, dezembro de 2021 às 14:04

evento

Com a presença de Ouvidores e Ouvidoras representantes de Defensorias Públicas de vários estados brasileiros foi aberta, nesta quarta-feira (1º),  na Sede da Defensoria Pública do Estado do Piauí, a 5ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Ouvidorias de Defensorias Públicas do Brasil, promovida pelo Conselho Nacional de Ouvidorias de Defensorias Públicas do Brasil.

A  solenidade de abertura foi realizada no auditório Esperança Garcia e contou com a presença de Defensoras e Defensores Públicos, servidores da Instituição, conselheiros tutelares,  da Procuradora de Justiça Raquel Normando,  e também com a apresentação do tradicional  Grupo de Cultura Ijexá. Na oportunidade o Presidente do Conselho Nacional de Ouvidorias, Willian Fernandes, que também é Ouvidor-Geral da Defensoria Pública de São Paulo, declarou oficialmente aberto o evento.

O Defensor Público Geral do Estado do Piauí, Erisvaldo Marques dos Reis destacou a contribuição e o fortalecimento que a Ouvidoria-Geral Externa tem proporcionado ao trabalho da Defensoria Pública. “É preciso reafirmar que a Defensoria Pública do Piauí cresceu muito com a sua Ouvidoria Externa, Djan Moreira faz aqui um excelente trabalho, contribuindo para fortalecer a Ouvidoria, trazendo esse diferencial de nos fazer estar cada vez mais próximos das pessoas. A Ouvidoria veio agregar a Defensoria Pública de maneira muito positiva nos serviços levados à população. É um prazer receber essa reunião do Conselho Nacional de Ouvidorias de Defensorias Públicas do Brasil em nossa casa, sejam todas e todos muito bem-vindos”, afirmou.

Também se manifestaram a Presidente da Associação Piauiense de Defensoras e Defensores Públicos (Apidep), Ludmilla Maria Reis Paes Landim e a Diretora da Escola Superior da Defensoria Pública (Esdepi), Andrea Melo de Carvalho. “Manifesto a minha felicidade enquanto Presidente  da Apidep em participar desse encontro e enfatizo o belo trabalho que  vocês realizam com tanta veemência Brasil afora. Agradeço por serem um elo entre a Defensoria,  seus usuários e os tão importantes e necessários movimentos sociais. A qualidade do serviço que prestamos à população tem melhorado substancialmente graças a valiosíssima  contribuição de cada um de vocês”, disse Ludmilla Paes Landim.

“Fico impressionada todas às vezes que tenho que me referir ao Djan. Desde que ele ingressou na Ouvidoria, praticamente a maioria dos eventos realizados pela Escola Superior são idealizados e concretizados por ele. Somos apenas um veículo para fazer jus a toda essa potência que é Djan Moreira e estou muito feliz, enquanto Diretora da Escola, por ter conosco essa pessoa brilhante,  que traz eventos como esse para o nosso Estado. Essa troca de experiências é essencial para a prestação de serviços bem feitos”, destacou Andrea Melo.

Durante o momento, o Conselho voltou a realizar a entrega do Selo Esperança Garcia à Defensoria Pública do Estado do Piauí, um reconhecimento às Defensorias que adotam política de equidade racial. A entrega foi feita pelo Presidente do CNODP, Willian Fernandes e pela Ouvidora-Geral da Defensoria Pública do Pará, Norma Miranda Barbosa. “É preciso falar da singularidade desse prêmio, que é o reconhecimento da história de uma mulher negra que lutou em defesa dos seus. Luta essa que está viva, e cabe a nós defender esses direitos de todos os que estão em situação de violação de direitos, mas especialmente do povo negro, historicamente massacrado. A nossa luta tem que continuar. Em nome de toda a população  negra e de todos os seu lutadores entregamos esse prêmio à Defensoria Pública do Piauí”, disse Norma Barbosa.

O Ouvidor-Geral da Defensoria Pública do Piauí, Djan Moreira, afirma que o momento é de gratidão e responsabilidade. “Nesse momento em que temos a honra de sediar a  5ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Ouvidorias de Defensorias Públicas, nosso sentimento é de gratidão a cada uma e a cada um dessas mulheres e desses homens, que buscam fazer o melhor trabalho frente as Ouvidorias das Defensorias que representam. Nossa luta, nosso esforço e nossa responsabilidade é tornar possível um diálogo franco como público assistido pela Instituição, verificando suas demandas, para que possam ter seus direitos cada vez mais respeitados. Esperamos que nesses três dias possamos amadurecer ainda mais a discussão nesse sentido e aproveitamos também para aqui saudar na pessoa do nosso Defensor-Geral, Erisvaldo Marques,  todas e todos que fazem a Defensoria Pública do Estado do Piauí e que muito contribuíram para a realização desse evento”, afirmou.