Notícias

Coordenadora do Núcleo da Mulher participou de debate no Sebrae dentro da Semana Global do Empreendedorismo

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 19, novembro de 2019 às 16:00
Dra. Lia Medeiros e demais participantes do debate

Dra. Lia Medeiros e demais participantes do debate

A Coordenadora do Núcleo de Defesa da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar e titular da 1ª Defensoria Pública da Mulher, Dra. Lia Medeiros do Carmo Ivo participou, na última segunda-feira (18) de uma roda de conversa organizada pelo Sebrae Piauí, dentro da Semana Global do Empreendedorismo no Brasil. Dra. Lia Medeiros abordou o papel da Defensoria Pública no enfrentamento a violência de gênero, dando também um depoimento sobre sua história de vida pessoal e profissional.

Dra. Lia Medeiros falou sobre papel da Defensoria no enfrentamento a violência de gênero

Dra. Lia Medeiros  falou sobre enfrentamento a violência de gênero

O evento que contou ainda com a Deputada Estadual Teresa Brito; a Secretária Municipal de Políticas para Mulheres, Marcilane Gomes; a Vereadora Teresinha Medeiros, a Desembargadora Liana Chaib e a Empresária Van Fernandes, teve por objetivo debater sobre os grandes desafios das mulheres no desenvolvimento econômico e social  do Piauí e do Brasil.

A mediadora do debate foi a jornalista Maia Veloso que, além do tópico da Defensoria Pública, trouxe para discussão os direitos trabalhistas para as mulheres , o papel político pela esfera feminina políticas públicas para mulheres e empreendedorismo feminino.

O Presidente do Sebrae-PI, Freitas Neto, falou sobre o destaque necessário para as  mulheres. “São mulheres que se encontram em  espaços de poder e decisão. Trouxemos cinco mulheres , cada qual atuante em seu setor, que discutiram dentro do seu campo, da sua especialidade, a participação feminina nesse contexto”,  ressaltou.

Dra. Lia Medeiros avaliou o evento como positivo. “A ideia dos organizadores era exatamente, nessa Semana Mundial do Empreendedorismo, dar um certo destaque ao lugar das mulheres. As mulheres que estão ocupando espaços considerados de poder. Ouvimos as histórias de várias mulheres e eu pude contar um pouco da minha trajetória. Vimos como cada uma, dentro do seu local social e de trabalho, contribui para a equidade de gênero e a promoção dos direitos das mulheres. Foi bastante interessante. Contamos com a moderação da jornalista Maia Veloso, que fez intervenções e pontuações muito pertinentes. Também respondemos perguntas da plateia. Acredito que foi um evento bastante positivo nesse sentido, pois tivemos a oportunidade de ouvir a história de outras mulheres, que podem servir de inspiração para a aquelas que estão aspirando um lugar de destaque em suas profissões e empreendimentos”, diz a Defensora que também participou de um vídeo destacando a necessidade de empoderamento feminino. “Temos que resgatar umas as outras, temos que ler obras de mulheres, votar em mulheres e consumir  aquilo que as mulheres fazem”, destaca.