Notícias

Defensor Público e Ouvidor da Defensoria recebem comenda do Comitê Estadual de Educação e Direitos Humanos do Piauí

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 22, outubro de 2021 às 11:52

CEEDHPI

O Defensor Público de Categoria Especial, Nelson Nery Costa e o Ouvidor-Geral da Defensoria, Djan Moreira, foram agraciados com comenda especial, na categoria Personalidades, pelo Comitê Estadual de Educação e Direitos Humanos do Piauí (CEEDHPI), durante solenidade virtual em comemoração aos 15 anos de existência e atuação do CEEDHPI, realizada na última quinta-feira (21).Nelson Nery Costa

O Comitê, com atuação desde 2006, trata-se de uma organização que articula entidades de direitos humanos e movimentos sociais da sociedade civil de promoção ao bem-estar e defesa da educação  no Piauí. A premiação é destinada à pessoas e organizações que prestam importantes serviços às suas comunidades, proporcionando impacto social positivo, assim como que trabalham com a promoção dos valores e respeito expressos nos tratados internacionais, especialmente no que se refere a direitos humanos e combate a todas as formas de discriminação. A comenda é dividida nas categorias Organizações; Personalidades e Projetos Sociais.

Durante a solenidade, a presidente de honra e uma das coordenadoras do Comitê,  Maria de Lurdes Rocha Nunes, ressaltou o empenho dos homenageados na promoção dos direitos humanos. “É através dessa união que temos de estar juntos e sonhar juntos, para assim promover ações e atividades que elucidam e divulgam os direitos humanos. Não realizamos isso sozinhos! Agradeço a todos presentes”, disse.Djan Moreira

O Defensor Público Nelson Nery Costa, destacou a importância da comenda, assim como o que representa recebê-la. “É uma honra receber o prêmio do Comitê de Educação e Direitos Humanos na comemoração dos seus quinze anos. Atribuo essa homenagem ao trabalho de muitos anos como Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, sendo que eu fui o único Defensor Público que foi presidente de uma Seccional, e sempre tivemos uma sensibilidade muito grande com a Comissão de Direitos Humanos e os direitos correlato a isso, como a situação da mulher, situação das minorias, então acho que um pouco dessa memória do passado mas, especialmente, o trabalho quando eu estive como Defensor Público Geral da nossa Instituição, de 2007 a 2011, porque certamente hoje a Instituição que é realmente representativa direitos humanos é a Defensoria. Acredito também que essa homenagem, indicação do pastor Robson, tem a ver com a atuação mais recente como Presidente do Conselho Estadual de Cultura, já que em última análise a questão de acesso à cultura e indiretamente ao lazer também passa a ser um direito à cidadania. É um dos direitos humanos as pessoas terem informação, refletirem sobre a cultura, porque a cultura é o espelho da alma, é com a cultura que a gente conhece a nossa sociedade”.

O Ouvidor-Geral da Defensoria, Djan Moreira, também fala sobre a homenagem. “Estou muito feliz, honrado e agradecido pela indicação do professor Flávio André Pereira Moura e que foi confirmada por cada Conselheiro e Conselheira . Receber a Comenda Especial do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos aumenta a minha responsabilidade e compromisso na construção de uma sociedade mais justa, humana,  fraterna e igualitária. Aproveito para agradecer a presença da nossa Defensora Pública Geral do Piauí em Exercício, Carla Yáscar Belchior e dizer que compartilho essa comenda com cada Defensor (a) Público (a), Servidor(a), Estagiário (a), Assistido (a) e pessoas que atuam na defesa, garantia e promoção dos direitos humanos.”