Notícias

Defensoria certifica 180 novas Defensoras Populares em solenidade nesta segunda-feira (05)

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 04, dezembro de 2022 às 09:46

populares

Será nesta segunda-feira, dia 05 de dezembro, que a Defensoria Pública do Estado do Piauí realiza a solenidade de formatura de 180 novas Defensoras Populares. Denominada de Maria Sueli Rodrigues, a turma é fruto da quarta edição do curso de capacitação de lideranças femininas, realizado pela Defensoria desde 2019, sob a coordenação da Subdefensora Pública Geral, Carla Yascar Bento Feitosa Belchior e com a participação efetiva das Defensoras Públicas Lia Medeiros do Carmo Ivo e Verônica Acioly de Vasconcelos, do Núcleo de Defesa da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar. A solenidade acontecerá no edifício-sede da Defensoria, em Teresina, sendo  transmitida pelo canal da Instituição no Youtube e contará com palestra da fundadora do Instituto da Mulher Negra – Geledés, Deise Benedito.

O projeto Defensoras Populares é destinado a capacitação de lideranças femininas em direitos humanos e direitos das mulheres, objetivando que sejam  agentes multiplicadores junto às suas comunidades. A primeira edição do curso aconteceu em 2019, capacitando mulheres da região do Itararé/Grande Dirceu e, a partir de então, teve um crescimento significativo, firmando-se como uma das capacitações mais promissoras realizadas pela Defensoria Pública do Piauí, atraindo participantes também de outros estados, como Maranhão, Ceará, Rio de Janeiros e Amazonas. A capacitação é toda feita por mulheres, Defensoras Públicas que colaboram com a iniciativa.

A palestrante da manhã da formatura, Deise Benedito, é graduada em Direito, com especialização em Relações Étnico Raciais, Gênero, Segurança Pública e Sistema Prisional, sendo também Mestre em Direito e Criminologia pela UnB. Além de fundadora do Instituto da Mulher Negra Geledés, fundou o  Fórum Nacional de Mulheres Negras e é dona de uma extensa produção bibliográfica voltada para os direitos humanos, a história da população negra e a luta antirracista.

A Subdefensora Pública Geral, Carla Yáscar Belchior, fala sobre a expectativa em relação a solenidade. “Acredito que será uma manhã maravilhosa, na qual estaremos certificando essas 180 mulheres destemidas que estiveram conosco durante toda a capacitação, apreendendo as informações repassadas e também nos ensinando muito com suas histórias de vida. Agradeço a cada uma pelo interesse nessa formação, que visa fortalecer a luta por direitos humanos, por direitos das mulheres. Agradeço antecipadamente a cada uma das Defensoras Públicas do Piauí, que se dispuseram a colaborar como facilitadoras contribuindo para tornar o curso cada vez mais rico, e especialmente ao Núcleo de Defesa da Mulher, por essa parceria que tem produzido tanto conteúdo e significado para nossas vidas.  Agradeço também de forma especial à nossa palestrante da manhã, Deise Benedito, que certamente proporcionará uma excelente colaboração com a sua fala. A nossa expectativa para essa formatura é a melhor possível e, certamente, nos fortalecerá para já pensarmos a próxima edição do curso em 2023”, disse.