Notícias

Defensoria e OAB buscam parcerias para criação da Rede Estadual de Direitos Humanos

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 27, março de 2018 às 16:17
Reunião aconteceu na Secretaria de Segurança

Reunião aconteceu na Secretaria de Segurança

O Defensor Público Dr. Igo Castelo Branco de Sampaio, do Núcleo de Direitos Humanos e Tutelas Coletivas da Defensoria Pública participou de reunião com a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí e Secretaria de Justiça do Piauí (SEJUS-PI), buscando apoio para firmar parcerias em prol da luta pela criação da Rede de Direitos Humanos.

A iniciativa teve também a finalidade discutir as atividades que serão desenvolvidas ao longo deste ano de 2018. O lançamento de uma Campanha Publicitária e de um Prêmio de Jornalismo em Direitos Humanos integraram a pauta da reunião.

“Nós da Comissão de Direitos Humanos nos reunimos e estudamos diversas ações que serão promovidas juntas às demais instituições e órgãos parceiros. Como parte delas, estamos planejando a criação da Rede Estadual de Direitos Humanos, por meio de parcerias e que funcionará como uma rede multidimensional”, declarou o Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB, Marcelo Mascarenhas.

“A Comissão de Direitos Humanos tinha ido ao  IML e constatado várias irregularidades. Então foi uma espécie de retorno ao Secretário de Segurança, apresentando as questões levantadas dentre as quais a necessidade de um aparato de pessoal maior, melhorias na estrutura física e aquisição de equipamentos, para garantir uma melhor prestação dos serviços. Porque entendemos ser muito importante a questão do IML. Pedimos providências e o Secretário ficou de analisar os nossos pleitos. Aproveitamos também para falar com a Subsecretária, Eugênia Villa, sobre a difusão da Rede de Direitos Humanos, iniciativa que teve a OAB como propositora, mas à qual logo em seguida a Defensoria aderiu, assumindo essa missão de somar forças no tocante a estruturação da Rede, no sentido de também envolver a Secretaria de Segurança e todos os demais órgãos que trabalham com a temática dos Direitos Humanos, para que passem a agir de maneira integrada”, explica Dr. Igo Sampaio.

A Subsecretária de Segurança do Estado, Eugênia Villa, se colocou à disposição para concretizar o projeto, ao tempo em que frisou a importância da capacitação dos profissionais atuarem na Rede. “Precisamos entender que Direitos Humanos é um assunto complexo e deve ser trabalhado com seriedade, com pessoas especializadas no assunto e que entendam o verdadeiro sentido de tal tema na prática. Devemos ter em mente a necessidade de capacitação dos envolvidos sobre raça, gênero, pessoas com deficiência, dentre outros, para que os mesmos tenham propriedade nos assuntos que cercam os Direitos Humanos”, frisou.

Reunião na Secretaria de Segurança

Reunião na Secretaria de Segurança