Notícias

Defensoria irá realizar capacitação da rede de assistência psicossocial no dia 03 de dezembro

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 28, novembro de 2019 às 11:27

rede

A Defensoria Pública do Estado do Piauí irá realizar no dia 03 de dezembro, dentro do Projeto “Mente Cidadã: Família, Vulnerabilidade Social e Saúde Mental”, uma capacitação da rede de assistência psicossocial do Município, no auditório da Diretoria de Assistência Especializada da Fundação Municipal de Saúde (DAE), a partir de 8h.

O projeto “Mente Cidadã” é uma iniciativa da Diretora de Primeiro Atendimento da DPE-PI, Dra. Patrícia Ferreira Monte Feitosa e se destina a orientação jurídica, judicial e extrajudicial, às pessoas com transtorno mental e seus familiares,  visando ainda chamar a atenção para a rede de assistência psicossocial na busca pela humanização do atendimento prestado.

A capacitação contará com palestra da psiquiatra Dra. Krieger Rhelyni de Sousa Olinda, que abordará o tema “Internação Compulsória: Requisitos”, e do Defensor Público da União, Dr. Sérgio Murilo Fonseca Marques Castro, que discorrerá sobre “Os Benefícios da Assistência Social.

Também serão palestrantes o Defensor Público Dr. Juliano de Oliveira Leonel, titular da 3ª Defensoria Pública do Sistema Prisional, com o tema “Medida de Segurança”, assim como a Diretora Cível da Defensoria Pública, Dra. Sheila de Andrade Ferreira, que falará sobre “Ações de Curatela: Aspectos Jurídicos e Práticos”.

Dra. Patrícia Monte destaca os objetivos da iniciativa . “A capacitação da rede de assistência psicossocial faz parte de um dos objetivos estratégicos do “Mente Cidadã”. Elaborando o Projeto e já executando as ações, observamos que a rede de assistência psicossocial, assim como nós profissionais de Direito, temos muitas dúvidas sobre vários aspectos em relação a temas jurídicos,  inclusive os direitos das pessoas com deficiência, então projetamos esse evento para discutir com a  rede, mas entendemos também que os próprios Defensores devem ser capacitados sobre esses assuntos”, diz a Defensora, destacando que além da rede assistência psicossocial do Município, outros órgãos têm procurado a Defensoria buscando essas informações. “Vamos ver a disponibilidade dos palestrantes para estender a capacitação aos demais interessados”, enfatiza Dra. Patrícia Monte.