Notícias

Defensoria Pública e Sejus realizam reunião para explicar o funcionamento do Escritório Social

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 07, dezembro de 2022 às 14:21

esceritório

Aconteceu na manhã desta quarta-feira (07), no auditório Esperança Garcia, no edifício-sede da Defensoria Pública do Estado do Piauí reunião para apresentação para as Defensoras Públicas, os Defensores Públicos, assessoras e assessores da Defensoria, do Escritório Social – Programa Fazendo Justiça, assim como do  plano de trabalho e ações que serão desenvolvidas em parceria com a Defensoria Pública. A apresentação foi feita pela equipe do Escritório Social – Secretaria de Justiça do Estado do Piauí, coordenada por Thiago Oliveira Rodrigues que também coordena as ações de apoio ao egresso do Sistema Prisional na Sejus. O momento contou com a participação da Coordenadora do Programa Fazendo Justiça no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Mariana Moura.

A assinatura do termo de Cooperação Técnica entre a Defensoria Pública e a Secretaria de Justiça do Estado do Piauí (Sejus) para a implantação do Escritório Social, será realizada durante a Cerimônia de Instalação do equipamento, na segunda-feira, 12 de dezembro, às 9h, na Unidade Ilhotas da Defensoria, onde se encontra instalada a Diretoria Criminal. A referida sede fica na rua Jaicós, 1435, bairro Ilhotas, zona Sul de Teresina.

Os Escritórios Sociais são equipamentos públicos impulsionados pelo CNJ desde 2016, que apostam na articulação entre Judiciário e Executivo para oferecer serviços especializados a partir do acolhimento de pessoas egressas e seus familiares, permitindo-lhes encontrar apoio para a retomada do convívio em liberdade civil. Desde 2019, o CNJ vem trabalhando em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e colaboração do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), pela qualificação e expansão dos Escritórios Sociais em todo o país.

“Hoje estamos apresentando, fazendo esse lançamento, essa exposição desse equipamento que está sendo instalado  junto a Defensoria Pública do Piauí, para que Defensoras, Defensores, assessoras e assessores, possam tomar conhecimento desse serviço que vem inovando no atendimento às pessoas egressas do Sistema Prisional e seus familiares, e que está agora andando junto com a Defensoria Pública, que é uma parceira imprescindível nessa nossa atuação na política de pessoas egressas do Sistema Prisional. A expectativa desse trabalho conjunto é muito boa. A Defensoria tem dado um aporte valoroso na execução dessa política para as pessoas egressas e estamos muito esperançosos em poder expandir esse serviço e fazer com que ele seja efetivo, concreto, e chegue aos assistidos e a todas as pessoas que tenham demandas que possam ser acolhidas por nós”, disse Thiago Rodrigues na abertura da reunião.

Estiveram presencialmente na reunião, que aconteceu em formato híbrido, o Defensor Público Geral, Erisvaldo Marques dos Reis; a Subdefensora Pública Geral, Carla Yáscar Bento Feitosa Belchior; a Diretora Criminal da Defensoria Pública, Defensora Pública Irani Albuquerque Brito; o Defensor Público Igo Castelo Branco de Sampaio, do Núcleo de Direitos Humanos e Tutelas Coletivas da Defensoria;  e a equipe do Escritório Social, formada pelo advogado e coordenador Lucas Sobral; as psicólogas, Rosemary Mendes e Ana Paula Sérvio; e as assistentes sociais Yára Araújo e Elisete Braga.