Sem categoria

Defensoria Pública integra o combate à violência contra LGBTs

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 29, junho de 2017 às 12:01
Evento foi realizado no Parque Potycabana

Evento foi realizado no Parque Potycabana

A Defensora Pública Geral do Estado do Piauí, Dra. Francisca Hildeth Leal Evangelista Nunes participou na última quarta-feira (28) da comemoração do Dia Estadual do Orgulho LGBT, que aconteceu no Parque Potycabana. Também presente o Defensor Público Dr. Igo Castelo Branco Sampaio e a equipe do Núcleo de Direitos Humanos e Tutelas Coletivas da DPE-PI. O evento foi promovido pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI).

Com o tema “Promovendo cidadania e enfrentando preconceitos”, a ação reuniu lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros que aproveitaram para cobrar providências em relação as políticas públicas para esse setor específico, com destaque para o combate à violência e discriminação. Somente neste ano a Delegacia de Direitos Humanos de Teresina já registrou 25 denúncias de crimes contra LGBTs.

No local uma equipe da Defensoria Pública prestou informações e esclarecimentos acerca do trabalho da Instituição e dos direitos das pessoas LGBTs.

“Eventos dessa natureza são importantes na medida em que proporcionam um espaço para que seguimentos da população possam realizar manifestações e expor suas ideias dentro de um clima de liberdade, cooperação e respeito. A Defensoria Pública vê com extrema preocupação os índices de violência contra o público LGBT e, como Instituição asseguradora de direitos está a postos para ajudar a enfrentar e combater o preconceito e  a discriminação que muitas vezes leva à formas bem mais severas de violência. Precisamos respeitar as diferenças”, afirmou Dra. Hildeth Evangelista.

O evento contou também com shows artísticos, participação de outras instituições e órgãos que prestaram atendimento e informações e com mais uma edição da  “Gaymada”, evento esportivo que contribui para acabar com o preconceito.