Notícias

Defensoria Pública promove palestra com o jornalista Marcelo Canellas sobre educação em direitos

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 21, julho de 2022 às 11:06

 

MARCELO

A Defensoria Pública do Estado do Piauí (DPE/PI), em uma realização da Escola Superior da Defensoria (Esdepi), atendendo a uma iniciativa da Ouvidoria-Geral Externa, irá promover no dia 1º de agosto, o evento “Jornalismo e Direitos”. O encontro recebe o jornalista Marcelo Canellas e terá como tema educação em direitos, esclarecendo a população sobre quais direitos elas possuem, de forma clara e acessível, informando o cidadão sobre como agir para que seus direitos sejam reivindicados e respeitados.

O evento é gratuito e será realizado no auditório da Casa de Núcleos Especializados da Defensoria Pública do Estado do Piauí, localizado no Edifício Dr. Mário Theodomiro de Carvalho – Av. Nossa Sra. de Fátima, 1317 -Teresina. O uso de máscaras será exigido para ingresso e permanência nas dependências da instituição.

Para realizar a inscrição, os interessados devem acessar o site da Defensoria Pública do Estado do Piauí, na área Cursos e Concursos, clicar na aba Cursos, e realizar o cadastro clicando em “inscreva-se”, ou clicar no seguinte link: http://cursos.defensoria.pi.def.br:8083/verificar-cadastro/51

Marcelo Canellas é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Fez carreira em jornal impresso e, sobretudo, em televisão. No telejornalismo, passou por diversas emissoras. Está na TV Globo desde 1996, onde atua como repórter especial.

O Ouvidor-Geral da DPE/PI, Djan Moreira, fala sobre a realização do evento: “É com muita alegria que nós estamos aguardando a presença, agora de forma presencial, do Marcelo Canellas, através dessa parceria com a Defensoria Pública, por meio da Escola Superior e da Ouvidoria. É com muita alegria, felicidade, de estar podendo mais uma vez poder beber da fonte desse jornalista, que tem uma trajetória voltada, sobretudo na defesa dos direitos humanos de todos e de todas, especialmente da criança e do adolescente”, finalizou.