Notícias

Defensoria Pública prossegue com a arrecadação de alimentos não perecíveis, brinquedos, roupas e calçados para doar à crianças carentes

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 20, outubro de 2021 às 10:54

brinquedosarte

Prossegue até o dia 28 de outubro a arrecadação de alimentos não perecíveis, brinquedos, roupas e calçados, que a defensoria Pública do Estado do Piauí realiza anualmente tendo por finalidade a doação a crianças carentes. A iniciativa é da Diretora Cível da Instituição, Defensora Pública Sheila de Andrade Ferreira e as doações podem ser feitas em um dos prédios da Instituição na Capital e também na Universidade Estadual do Piauí (Uespi), que se tornou parceira na arrecadação.

Importante observar que os alimentos doados sejam não perecíveis para evitar que sofram alguma alteração em sua composição. As roupas, brinquedos e calçados também devem estar em estado de boa conservação para que possam ser devidamente aproveitados pelas crianças que receberem.

Quem tiver interesse em colaborar pode deixar sua doação nas caixas devidamente identificadas e posicionadas nas entradas da Sede Provisória, na Rua Jaicós nº 1435 – Bairro Ilhotas; na Unidade João XXIII, na avenida João XXIII, 853, Bairro Jockey Club; na Casa de Núcleos, localizada na Avenida Nossa Senhora de Fátima, 1342, Bairro de Fátima e Categoria Especial, na  rua Senador Tibério Nunes, 1899, Bairro Cabral, ou ainda no Campus Torquato Neto, da Uespi.

A Diretora Cível, Sheila de Andrade, destaca a importância da campanha. “Doar é acima de tudo um gesto de amor e, considerando o grande número de crianças carentes, mais ainda aquelas cujas famílias foram diretamente impactadas pela pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, que ainda  vivenciamos, estamos incentivando as pessoas a realizarem essas doações. Importante lembrar que o pouco que cada um posa doar irá fazer uma grande diferença para aquele que recebe. Volto a convidar a todos que fazem a Defensoria Pública, assim como às pessoas em geral, para que venham aderir a nossa campanha, a exemplo do que vem ocorrendo na Universidade Estadual do Piauí que também está com ponto de arrecadação, o que para nós é uma ajuda inestimável”, diz a Diretora.