Notícias

Defensoria Pública retoma atendimentos dentro da Jornada da Justiça Itinerante em 2022

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 17, janeiro de 2022 às 13:26

Jornada da Justiça Itinerante 1

 

A Defensoria Pública do Estado do Piauí (DPE/PI), deu início nesta segunda-feira (17), as ações dentro da Jornada da Justiça Itinerante, projeto promovido em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), que oferece serviços, como casamento civil, divórcio consensual, retificação de registro civil de nascimento, casamento e óbito, homologação de acordo de pensão alimentícia, restauração de assento de nascimento, reconhecimento e dissolução de união estável, suprimento/justificação de óbito, além de outras ações de natureza consensual. A jornada será finalizada no dia 21 de janeiro.

Devido à necessidade de adoção das medidas higienicossantárias destinadas a evitar o contágio pelo novo coronavírus, as atividades acontecem por meio de agendamento, que pode ser realizado por meio dos seguintes números de telefone: (89) 99443-4354; (86) 99495-7298; (86) 3233-9805; (86) 99404-7746. Ou ainda por meio do seguinte endereço de e-mail: itinerante@defensoria.pi.def.br.

O agendamento e a entrega da documentação podem ser feitos na portaria da Unidade João XXIII da Defensoria, que fica localizada na Avenida João XXIII, 853, bairro Jockey Clube, onde funcionou o Espaço Cidadão.

O Defensor Público Francisco Cardoso Jales, titular da 2ª Defensoria Pública Itinerante, coordenador da Defensoria Itinerante e atualmente em substituição na Diretoria Itinerante, avalia o início das ações do projeto no ano de 2022. “A Defensoria Itinerante com toda a sua equipe inicia neste mês de janeiro, de 17 a 21, em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, a realização de mais um dos seus prestigiados projetos, no caso, a Jornada da Justiça Itinerante, evento que faz parte do calendário anual dessa Diretoria e que visa proporcionar atendimento e resolução célere das demandas da nossa população mais vulnerável”, diz.

Francisco Jales destaca ainda a necessidade de agendamento para a realização dos atendimentos presenciais de forma segura. “É preciso destacar que os atendimentos presenciais serão realizados mediante agendamento prévio em razão da ainda persistência da pandemia da Covid-19, assim como da intensificação dos casos da Influenza H3N2, em expansão no país”.

Uma das assistidas pela DPE/PI dentro do projeto, L. S, de 48 anos de idade, falou sobre a importância do projeto e a celeridade no atendimento.  “Eu achei muito importante esse projeto. O atendimento foi muito rápido, desde o agendamento até o atendimento. Busquei o atendimento na sede da Defensoria Pública, onde perguntei como era que eu fazia pra me divorciar e eles falaram que era melhor entrar pelo projeto da Defensoria Itinerante. Vim aqui na última quinta-feira, e hoje eu já estou sendo atendida, e já dei a entrada e tudo. Foi rápido, foi muito rápido o atendimento, dentro de uma semana, desde o meu primeiro contato com a Defensoria e já fui atendida”, finalizou.