Notícias

Defensoria Pública se reúne com Pastoral Carcerária da Arquidiocese para parceria em ação em alusão do Dia do Preso

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 15, agosto de 2018 às 12:46
????????????????????????????????????

Dr. Erisvaldo Marques e Dr. Sheila Andrade se reuniram com membros da Coordenação da Pastoral da Arquidiocese de Teresina

O Subdefensor Público Geral, Dr. Erisvaldo Marques dos Reis, e a Coordenadora do Sistema Prisional da Capital, Dra. Sheila de Andrade Ferreira, se reuniram na manhã de segunda-feira, dia 13, com o coordenador da Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Teresina e do Piauí, o Diácono Paulo Eudes dos Santos, e a Tesoureira da Arquidiocese, Dona Graça, na sede provisória da Defensoria Pública do Piauí, no bairro Ilhotas.

Na ocasião, o diácono Paulo Eudes formalizou o convite para que a Defensoria participe de um evento em alusão ao Dia do Preso na Colônia Agrícola Major César (CAMCO), onde estão previstos atividades de lazer e litúrgicas, incluindo a Santa Missa, e outros serviços, no mês de outubro.

“Como a Defensoria já tem um cronograma de atendimentos em relação a um dos nossos projetos, que é levar saúde para dentro das unidades prisionais, e a CAMCO foi escolhida pela Pastoral Carcerária, nós decidimos aderir e dentro do mês de outubro encontrar uma data, junto com a SEJUS e a administração da Unidade Prisional. Aproveitamos o encontro também para divulgar a nossa agenda até o final do ano, caso a Pastoral Carcerária tenha interesse em fazer parte”, enfatizou a Coordenadora do Sistema Prisional.

O Subdefensor Público Geral apresentou ao coordenador da Pastoral Carcerária os projetos de assistência jurídica realizados pelos Defensores do Sistema Prisional, tendo como Coordenadora a Dra. Sheila Andrade, e dos Defensores Criminais, assim como as ações de saúde realizadas em parceria com a Fundação Municipal de Saúde e apoio do SEJUS.

“Com esse panorama geral da Defensoria dentro do Sistema Carcerário e, na medida do possível, realizaremos parceria com a Pastoral para desenvolver e levar serviços para as pessoas privadas de liberdade, assim como todas as organizações e instituições que nos procurarem. A Defensoria Pública está aberta, visando sempre melhorar a sua atuação e a situação dos presos no Sistema prisional”, pontuou o Dr. Erisvaldo Marques.