Notícias

Defensorias Regionais superaram 130 mil procedimentos no ano de 2021

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 25, fevereiro de 2022 às 12:13

regio

As Defensorias Públicas Regionais da Defensoria Pública do Estado do Piauí atingiram a marca de 130.650 procedimentos no ano de 2021, somando-se todas as ações desenvolvidas. Os atendimentos totalizaram 78.966, sendo 67.227 na área cível entre gerais e psicossociais, e 11.739 na área criminal, divididos entre  atendimentos gerais, nas penitenciárias e nos centros de internação de adolescentes e em delegacias. Os dados constam no relatório das atividades desenvolvidas pela Diretoria no referido ano.

Os atendimentos foram distribuídos entre as 31 Comarcas de atuação no interior do Piauí. As atividades foram coordenadas pela Diretoria das Defensorias Regionais, que tem como Diretora a Defensora Pública Karla Araújo de Andrade Leite e como Coordenadora a Defensora Pública Germana Melo Bezerra Diógenes Pessoa.

Segundo o relatório apresentado, em 2021  foram realizadas 7.451 audiências, sendo essas divididas entre cíveis e criminais. Na área cível foram 1.336 audiências judiciais de conciliação, 1. 577 audiências judiciais de instrução e julgamento e 40 audiências extrajudiciais. Na área criminal foram realizadas 1.836 audiências judiciais, de apresentação, de custódia, preliminares e outras, e 2. 662 audiências de instrução e julgamento. A Diretoria somou, no período, 3.682 atividades administrativas.

Mesmo com a persistência da pandemia ocasionada pela Covid-19, a Diretoria Regional desenvolveu um calendário proativo junto as sedes da Defensoria no interior do Estado. Dentro das possibilidades e adotando todas as medidas higienicossanitárias vigentes, a Diretora Regional, Karla Andrade, fez deslocamentos pontuais e manteve contato direto por meio virtual com as demais sedes o que possibilitou se inteirar sobre os avanços alcançados, bem como sobre possíveis dificuldades, buscando soluções conjuntas para solucioná-las.

A Diretora ressalta que o objetivo é sempre proporcionar melhores condições de trabalho às Defensoras Públicas e aos Defensores Públicos, servidores (as)  e estagiários (as), otimizando os recursos disponíveis e possibilitando a boa continuidade do atendimento prestado aos assistidos  e assistidas pela Instituição em todo o Piauí. “Os resultados alcançados refletem o empenho e dedicação das Colegas e dos Colegas  juntamente com suas equipes, que prestam uma assistência jurídica de forma adequada, buscando atender integralmente as demandas das pessoas  que nos procuram. A realidade do interior do Piauí é bem diferente daquela encontrada na capital, e também difere significativamente de região para região,então, é preciso estar sempre atento ao que podemos encontrar de demandas, sejam elas relacionadas a conflitos de terras, direitos de família, saúde, etc. Assim as Defensorias Regionais cumprem o seu papel de oportunizar que as pessoas que residem no interior do Piauí um atendimento cada vez mais resolutivo”, afirma Karla Andrade.