Notícias

Núcleo da Infância e Adolescência da Defensoria reforça importância do combate a qualquer forma de violência contra essa parcela da população

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 04, junho de 2020 às 15:17

infancia

Buscando combater toda forma de violência praticada contra crianças e adolescentes, o Núcleo Cível Especializado de Defesa da Criança e do Adolescente (Nucideca), da Defensoria Pública do Estado do Piauí, tem desenvolvido um trabalho pontual, intensificado nesse período de pandemia, buscando assegurar os direitos dessa parcela da população.

Nesta quinta-feira, dia 04 de junho, quando transcorre o Dia Internacional das Crianças Inocentes Vítimas de Agressão, destacado no calendário da Organização das Nações Unidas (ONU) desde 1982, a Defensora Pública Daniela Neves Bona, titular da 1ª Defensoria Pública da Infância e Juventude, reforça a necessidade de um cuidado redobrado nesse período de confinamento, visando enfrentar toda e qualquer forma de agressão, que não se resume apenas aos abusos fixos, mas também sexuais, psicológicos e relacionados a vários tipos de negligências.

De acordo com os dados levantados por órgãos integrantes da rede de proteção e pela própria ONU, em grande parte das vezes a agressão está dentro de casa, sendo os casos mais comuns de espancamento, encarceramento, queimadura, afogamento, envenenamento e abuso sexual.

A Defensora Pública Daniela Bona destaca a relevância da data. “O dia 4 de junho nos faz refletir sobre a crescente onda de agressões de toda sorte não só física, psicológica, mas também abuso sexual, contra crianças inocentes, principalmente nesse período de pandemia, em que o isolamento tem provocado alto nível de stress nas pessoas, que acabam descontando de forma desmedida nas crianças e adolescentes. Pensando nisso é que o Nucideca tem se mostrado incansável na busca da defesa e proteção dos direitos dessas crianças, uma vez que muito embora não tenhamos atualmente o atendimento presencial, temos por meio de nossas redes sociais, contatos de whtasApp e email,  possibilitado que as pessoas denunciem e façam valer os direitos dessa parcela da população que se  encontrem, porventura, ameaçadas e sofrendo qualquer tipo de violência. Assim, o Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente encontra-se à disposição para combater todos os tipos de violência e, como parte integrante dedo Sistema de Proteção das Garantias das Crianças e Adolescentes, estamos abertos a qualquer tipo de denúncia para viabilizar a defesa incansável desses direitos”, afirma.