Ações Cíveis

AÇÃO DE COBRANÇA DE COMPLEMENTAÇÃO-SEGURO DPVAT

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 04, março de 2021 às 11:14

Dowload:
atendimento.txtatendimento.docx atendimento.pdf

Cabimento

 

Apesar do beneficiário (a) ter recebido parte do valor do seguro DPVAT, não impede o interessado de cobrar da Seguradora Líder de Consorcio a diferença entre o valor efetivamente indenizado e o valor legalmente previsto.

 

Importante esclarecer, que o autor(a) não é obrigado a esgotar via administrativa.

 


 

DOCUMENTOS EXIGIDOS

 

  1. RG E CPF do Requerente, se não existir este documento, Certidão de Nascimento ou de Casamento ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  2. Comprovante de residência do atual com CEP (conta de água, luz ou telefone);
  3. Documentos que demonstrem os rendimentos dos membros da entidade familiar do/a interessado/a tais como contracheque, carteira de trabalho, comprovante de recebimento do bolsa família, declaração de IR;
  4. Prova do pagamento que demonstre o valor inferior ao devido em acidentes que ocasionam debilidade de natureza permanente expedido pela seguradora;
  5. Boletim de Ocorrência Policial, se houver;
  6. Laudo Pericial, se houver;
  7. Prontuário e exames;
  8. Relatório de Internamento Hospitalar ou do Tratamento a que a se submeteu a vítima, com indicação das lesões produzidas pelo trauma;
  9. Laudo médico ou atestado atualizado que comprove ser o requerente incapacitado permanente para o trabalho em razão da gravidade do acidente.
  10. Por fim, ressaltamos que outros documentos poderão ser, posteriormente, solicitados pelo Defensor Público, desde que imprescindíveis para atender as peculiaridades do caso tratado.

 

 


 

 

ENTREVISTA

  1. Quando e como ocorreram os fatos que deram origem ao dano
  2. Quais as pessoas que estavam envolvidas?
  3. Quais são especificamente os danos sofridos? Materiais, pessoais, morais?
  4. O autor esteve internado decorrente do acidente? Quanto tempo?
  5. Foi submetido a tratamento após o acidente? Quanto tempo? houve sessões de fisioterapia? Quantos? Possui documentos?
  6. O autor foi submetido à cirurgia decorrente do acidente? Descrever especificamente hospital e data (ver no prontuário).
  1. Houve pagamento que demonstre o valor inferior ao devido em acidentes que ocasionam debilidade de natureza permanente expedido pela seguradora? Qual valor?
  1. Houve lucros cessantes (dias não trabalhados em decorrência dos danos causados ao veiculo ou ao estado de saúde da vítima)?

Indique as lesões produzidas pelo trauma que comprove ser o requerente incapacitado permanente para o trabalho em razão da gravidade do acidente (verificar o atestado atualizado).