Notícias

Defensoria e Secretaria de Saúde discutem estratégias voltadas para melhorias dos serviços do Ambulatório Trans Makelly Castro

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 07, fevereiro de 2024 às 15:23

_DSC0415

Em encontro realizado na última segunda-feira (5), a Defensora Pública Geral do Estado do Piauí, Carla Yáscar Bento Feitosa Belchior, e a Defensora Pública Patrícia Ferreira Monte Feitosa, Diretora de Primeiro Atendimento Cível da DPE/PI, estiveram reunidas com Filipe Silva, Coordenador de Promoção da Equidade em Saúde (Cepes) da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), e Verônika Souza – Ativista Social. O encontro teve como foco discussões visando a melhoria no atendimento disponibilizado para a população trans no Ambulatório Trans Makelly Castro, localizado no Ambulatório Azul do Hospital Getúlio Vargas.

O espaço disponibiliza serviços de saúde integral para a população trans, incluindo transexuais, travestis e transgêneros, totalmente via SUS. Conforme os dados disponibilizados pela Secretaria de Saúde do Piauí, somente no ano de 2023 foram realizadas 349 consultas pelo equipamento.

A Ativista Social Verônika Souza, destaca a importância do encontro realizado com as Defensoras Públicas. “O encontro realizado teve como objetivo buscar essas parcerias, um termo de cooperação com a Defensoria Pública, com relação ao melhoramento deste ambulatório, tanto na dispensação de medicamentos, como no nosso processo transexualizador, que é de alta complexidade.”, pontuou.

A Defensora Pública Patrícia Ferreira Monte, pontua a importância de discutir a melhoria do atendimento prestado para essa população, como pontuou: “O Coordenador de Equidade da SESAPI procurou a DPE/PI para tratar de eventuais parcerias com o Ambulatório Trans. Na oportunidade, discutimos estratégias para alcançar o público transgêneros; quais as principais demandas da saúde desta população, entre outros. Foi bem motivante a reunião, posto que nos dá esperança de construção de novas políticas para a população LGBTQIa+, que precisam existir para minimizar as inúmeras vulnerabilidades a que estão sujeitos! Foi um primeiro diálogo, vamos esperar o resultado da elaboração do projeto. Estamos confiantes!”, disse a Defensora Pública.

O Coordenador de Promoção da Equidade em Saúde da Secretaria de Saúde do Piauí, Filipe Silva, falou sobre o encontro realizado. “O projeto de estruturação do Ambulatório Trans Makelly Castro é uma demanda do movimento social, é uma conquista também. E a gente precisa dessa reestruturação para termos um atendimento mais acolhedor para o ambulatório. Motivo pelo qual buscamos parceiros, e a Defensoria Pública sempre esteve junta, primeiramente através do Defensor Igo Sampaio, e agora com a doutora Carla Yáscar e Patrícia Monte, para que a gente articule a estruturação do ambulatório e traga melhorias para o atendimento à saúde da população trans, assim como outros projetos para populações vulnerabilizadas que a Coordenação de Equidade da Sesapi trabalha”, destacou.

Durante o encontro, a Defensora Pública Geral do Estado do Piauí, Carla Yáscar Belchior falou sobre a necessidade em se discutir o aprimoramento de equipamentos voltados para o atendimento dessa população, como destaca: “Na reunião realizada com Filipe Silva e a Verônika Souza, debatemos questões acerca da atuação da Defensoria Pública do Piauí em questões de interesse do público que é atendido no Ambulatório Trans Makelly Castro, equipamento da Secretaria de Saúde que fica localizado no Ambulatório Azul. No encontro, debatemos questões acerca da atuação da Defensoria Pública em prol dessa população, como a oferta de orientação jurídica, além de diversas questões que envolvem a vida da população LGBT, como procedimentos judiciais e extrajudiciais, além de outras demandas, destacando assim a importância da atuação da DPE/PI nesses espaços”, concluiu.