Notícias

Defensoria Pública participa do 1º Simpósio sobre Autismo e Direitos, realizado pela OAB Piauí

Tamanho da letra A+ A-
Publicado em 26, setembro de 2023 às 13:50

WhatsApp Image 2023-09-26 at 11.16.39

A Defensoria Pública do Estado do Piauí (DPE/PI) esteve presente nesta terça-feira (26), no 1º Simpósio sobre Autismo e Direitos, realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional Piauí, através da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Autismo e da Escola Superior de Advocacia do Piauí.

WhatsApp Image 2023-09-26 at 11.16.38A ação contou com a presença da Defensora Pública Sara Maria Araújo Melo, do Núcleo Especializado de Defesa e Proteção ao Idoso e Defesa da Pessoa com Deficiência, que integrou o Painel 3, com o tema “Judicialização nos Casos Envolvendo Pessoas com TEA”.

WhatsApp Image 2023-09-26 at 11.16.37 (1)Realizado no auditório da OAB-PI, o simpósio tem como objetivo enfatizar a conscientização e inclusão, para que as pessoas com autismo possam exercer sua cidadania. Na oportunidade foram abordados temas como: Saúde e Autismo; Educação Inclusiva; Judicialização nos casos envolvendo autistas; Mercado de trabalho para pessoas com TEA; Políticas Públicas, entre outros.

A Defensora Pública Sara Melo falou sobre a importância do momento, ao tratar sobre a efetivação dos direitos dos autistas, e a efetivação dos direitos dessa população.

“Um evento muito importante, seja em razão da passagem do Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiências, seja pela necessidade de se promover a discussão quanto aos direitos das pessoas com Transtorno do Espectro Autista – TEA, que são cada vez em maior número e cujo tratamento é multidisciplinar e individualizado, ou seja, permeado de peculiaridades. O simpósio foi organizado pela Comissão da Pessoa com Autismo da OAB-PI e dividido em diversos painéis, cada um deles com uma temática e com a participação de profissionais de renome da área, dentre Psicopedagogas, Médicos e médicas com especialização em TEA, mães atípicas, Promotoria de Justiça, Desembargador do TJPI, Advogados e advogadas, Defensoria Pública, dentre outros. Também contou com a participação de pessoas com deficiência e da comunidade estudantil. Foi uma excelente oportunidade para promover o debate sobre a efetiva inclusão das pessoas com TEA, para que estas possam exercer com plenitude sua cidadania”, afirmou.