ESDEPI

Diretoria da Escola Superior da Defensoria Pública

Palestra sobre Crimes Digitais e suas Repercussões nas Áreas Cível e Criminal acontece na próxima sexta-feira (22)

Post Instagram Corporativo Crimes digitais e suas repercussões  na área cível e criminalentrevista palestra azul

A Defensoria Pública do Estado do Piauí realiza, na próxima sexta-feira (22), por meio de sua Escola Superior (ESDEPI), a palestra “Crimes Digitais e Suas Repercussões nas Áreas Cível e Criminal”. Proferida em dois momentos, a palestra iniciará às 9h, no auditório Esperança Garcia, edifício-sede da Instituição em Teresina.

O evento, que será certificado pela Esdepi, destina-se a Servidores(as), Defensores (as) Públicos(as) e estagiários(as). As inscrições podem ser realizadas acessando o link: https://bit.ly/3x293cN.

Inicialmente o delegado adjunto da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática e mestre em Cibersegurança, Alisson Landim Macêdo, abordará o tema “Crimes Digitais e as Medidas a Serem Adotadas para Preservação do Patrimônio da Vítima”. Em um segundo momento, a partir de 10h30, o advogado, mestre em Criminologia pela Faculdade Fernando Pessoa, em Portugal, John Lisbino, abordará o tema “Responsabilidade Civil das Instituições Financeiras nas Fraudes Eletrônicas”.

A Diretora da Escola Superior da Defensoria Pública, Defensora Pública Sheila de Andrade Ferreira, destaca a importância do tema proposto. “A facilitação das compras online e o amplo acesso à rede mundial de computadores acabam por facilitar a realização de golpes e há uma necessidade de alertar os consumidores, em especial os nossos assistidos e as nossas assistidas, acerca das maneiras de se proteger e, em caso de execução de um golpe desses, saber quais são as medidas possíveis de serem adotadas tanto na área cível como na criminal, por isso a Escola promove nesta sexta-feira, dia 22, no mês do consumidor, essa palestra no âmbito das duas linhas de atuação defensorial, capacitando ainda mais nossos servidores e nossas servidoras, Defensores e Defensoras e estagiários e estagiárias”, afirma.